Tag Archives: dança

The Clock rock bar, aulas de rockabilly

O The Clock é a única casa em São Paulo que, além de ter um som exclusivamente Rockabilly, oferece aulas de dança para quem curte esse rock anos 50 e 60. O espaço é modesto, mas oferece uma pista com chão de madeira adequado para a dança e mesinhas com poltronas retrô de estofamento vermelho. [...]

Show de dança do ventre no Khan El Khalili, casa de chá egípcia

A dança do ventre é a atração principal na casa de chá Khan El Khalili. Ali são oferecidas aulas da dança do ventre, apresentações especiais com as melhores bailarinas do país nos “haréns” de domingo e shows diários junto com o Ritual do Chá. O Khan El Khalili está localizado no pacato bairro da Vila [...]

Hooters: garçonetes gostosas, ambiente familiar

Quando minha amiga Lívia me chamou para o aniversário dela no Hooters imaginei que ia ser engraçado. Nunca tinha entrado em um Hooters, mas conhecia a fama da rede de lanchonetes da corujinha: garçonetes peitudas e gostosas em trajes mínimos. Descobri que o lugar lembra muito um Outback ou Applebee’s, porém com um clima mais [...]

The Week

Tinha combinado com a Bea e o Guto uma baladinha despretensiosa, só pra gente se ver antes de a Bea voltar pro sul. Eles passaram no Hooters (longa história) pra me buscar e informaram que estávamos indo para a The Week. Como assim, finalmente vou conhecer uma das baladas mais bafônicas de São Paulo e [...]

Dança do Ventre

São Paulo tem uma cena muito rica de Dança do Ventre: casas de shows, escolas, apresentações e eventos. Estou começando a conhecer melhor este mundo através de uma amiga que estuda dança do ventre. Ela está me dando várias dicas que provavelmente vão virar posts. Começo mostrando algumas fotos que fiz no sábado, na Mostra [...]

SESC – Salsa aos domingos

Um bom conselho para quem está chegando na cidade é: procure o SESC mais próximo de você. Esse aqui da foto é o Vila Mariana. Lá onde eu nasci, Criciúma, tem um SESC. É muito bacana e eu participei de várias atividades quando era adolescente. Mas eram coisas normais, nada muito excepcional. Depois que eu [...]